Missionário Marcelo Gonçalves

Mensagens, poesias,máximas e aforismos.

Textos

ESTUDO DO Pr MARCELO GONÇALVES 9

“PASSANDO PELO LIVRO DE JEREMIAS”
            “MINHAS MEDITAÇÕES”
 
“E pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque Eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar” (Jr 1.19)
 
“Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retém as águas”.(Jr 2.13)
 
“... Sabe, pois, e vê, que mau e quão amargo é deixares ao Senhor teu Deus, e não teres o meu temor contigo, diz o Senhor Jeová dos Exércitos” (Jr 2.19b)
 
“Evita que o teu pé ande descalço, e que a tua garganta tenha sede...” (Jr 2.25a)
 
“E vos darei Pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com ciência e inteligência” (Jr 3.15)

“... Sábios são para o mal fazer, mas para fazer bem nada sabem” (Jr 4.22b)
 
“... Eis que converterei as minhas palavras na tua boca como fogo...” (Jr 5.14)
 
“As vossas iniquidades desviam estas coisas, e os vossos pecados afastam de vós o bem” (Jr 5.25)
 
“... Eis que a palavra do Senhor é para eles coisa vergonhosa; não gostam dela” (Jr 6.10b)
 
“Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele, e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles dizem: Não andaremos.” (Jr 6.16)
 
“É pois esta casa, que se chama pelo o meu Nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que Eu, Eu mesmo, vi isto, diz o Senhor” (Jr 7.11)
 
“Até a cegonha no céu conhece os seus tempos determinados; e a rola, e o grou e a andorinha observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece o juízo do Senhor” (Jr 8.7)
 
Porventura não há unguento em Gileade? Ou não há lá médico?  (Jr 8.22)
 
Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força, não se glorie o rico nas suas riquezas. Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em me conhecer e saber que Eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; por estas coisas me agrado, diz o Senhor. (Jr 9.23-24)
 
SOBRE OS ÍDOLOS (IMAGENS)
“São como a palmeira, obra torneada, mas não podem falar; necessitam de quem os leve, porquanto não podem andar. Não tenhais temor deles, pois não podem fazer mal e nem tão pouco teem poder de fazer o bem” (Jr 10.5)
 
“... E não há espírito nelas” (Jr 10.14b; 51.17b)
 
“Eu sei, ó Senhor que não é do homem o seu caminho nem do homem que caminha dirigir os seus passos” (Jr 10.23)
 
“Mas, ó Senhor dos Exércitos, Justo Juíz, que provas os rins e o coração...” (Jr 11.20b)
 
Até quando lamentará a terra, e se secará a erva de todo o campo? Pela maldade dos que habitam nela, perecem os animais e as aves. (Jr 12.4)
 
Se te fadigas correndo com homens que vão a pé, como poderás competir com cavalos? Se tão somente numa terra de paz estás confiado, que farás na enchente do Jordão? (Jr 12.5)
 
Pode o etíope mudar a pele, ou o leopardo as suas manchas?  Nesse caso também vós podereis fazer o bem, sendo ensinados fazer o mal. (Jr 13. 23)
 
Haverá porventura, entre as vaidades dos gentios, alguma que faça chover? Ou podem o céu dar chuvas? Não és tu somente, ó Senhor nosso Deus? Portanto em ti esperaremos, pois tu fazes todas estas coisas. (Jr 14.22)
 
“Disse o Senhor: De certo que te fortalecerei para bem, e, no tempo da calamidade e no tempo da angustia, farei que o inimigo te dirija súplicas” (Jr 15.11)
 
“Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim gozo e alegria do meu coração; porque pelo o teu Nome me chamo, ó Senhor Deus dos Exércitos” (Jr 15.16)
 
E eu te porei contra este povo como forte muro de bronze, e pelejarão contra ti; mas não prevalecerão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque Eu sou contigo para te guardar, para te livrar deles, diz o Senhor. E arrebatar-te-ei da mão dos malignos, e livrar-te-ei da mão dos fortes. (Jr 15.20-21)
 
“Porque os meus olhos estão sobre todos os seus caminhos; não se escondem perante a minha face, nem a maldade se encobre aos meus olhos” (Jr 16.17)
 
“Bendito o varão que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor” (Jr 17.7)
 
“ Sara-me, Senhor, e sararei; salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor” (Jr 17.14)
 
“... Meu refúgio és tu no dia do mal” (Jr 17.17b)
 
“Então disse eu: Não me lembrarei dele, e não falarei mais do seu Nome; mas isso me foi no meu coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos; estou fadigado de sofrer, e não posso” (Jr 20.9)
 
Mas o Senhor está comigo como um Valente Terrível; por isso tropeçarão os meus perseguidores, e não prevalecerão; ficarão mui confundidos; como não se houveram prudentemente, terão uma confusão perpetua que nunca se esquecerá. (Jr 20.11)
 
E a este povo dirás: Assim diz o Senhor: Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte. (Jr 21.8)
 
“Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça, e os seus aposentos sem direito, que se serve do serviço do seu próximo sem paga, e não lhe dá o salário do seu trabalho” (Jr 22.13)
 
“... O SENHOR JUSTIÇA NOSSA” (Jr 23.6b)
 
“Sou Eu apenas Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe?” (Jr 23.23)
 
Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que Eu não o veja? Diz o Senhor: Porventura não encho Eu os céus e a terra? Diz o Senhor. (Jr 23.24)
 
“Não é a minha Palavra como o fogo, diz o Senhor, e como um martelo que esmiúça a penha?” (Jr 23.29)
 
“Eu fiz a terra, o homem, e os animais que estão sobre a face da terra, pelo o meu grande poder, e com o meu braço estendido, e a dou àquele que me agrada em meus olhos” (Jr 27.5)
 
“O profeta que profetizar paz, quando se cumpra a palavra deste profeta, será conhecido por aquele a quem o Senhor na verdade enviou” (Jr 28.9)
 
“E procurai a paz da cidade, para onde vos fiz transportar, e orai por ela ao Senhor; porque na sua paz vós tereis paz” (Jr 29.7)
 
“Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais” (Jr 29.11)
 
Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscares de todo o vosso coração. (Jr 29.12-13)
 
“... Converte-me, e converter-me-ei, porque tu és o Senhor meu Deus” (Jr 31.18b)
 
“Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que fende o mar, e faz bramir as suas ondas; o Senhor dos Exércitos é o seu Nome” (Jr 31.35)
Ah Senhor Jeová! Eis que tu fizeste os céus e a terra, com o teu grande poder, e com o teu braço estendido; não te é maravilhosa coisa alguma (Jr 32.17)
 
Grande em conselho, e magnífico em obras; porque os teus olhos estão abertos sobre todos os caminhos dos filhos dos homens, para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas obras. (Jr 32.19)
 
Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes. (Jr 33.3)
 
“Maldito aquele que fizer a obra do Senhor fraudulentamente...” (Jr 48.10a)
 
Ele fez a terra com o seu poder, e ordenou o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento. Fazendo Ele ouvir a sua voz, grande estrondo de águas há nos céus, e sobem os vapores desde o fim da terra; faz os relâmpagos com a chuva, e tira o vento dos seus tesouros. (Jr 51.15-16)
 
“Tu és o meu martelo e minhas armas de guerra...” (Jr 51.20a)
 
“... Porque o Senhor, Deus das recompensas, certamente lhe retribuirá” (Jr 51.56b)
 
Esses Versículos estão marcados em minha Bíblia, pois fez e faz parte dos meus estudos Bíblicos!
 
Autor Pr Marcelo Gonçalves

Escritor de Deus
Enviado por Escritor de Deus em 18/10/2012
Alterado em 19/10/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras